O poder da presença nas redes sociais: uma breve demonstração

Hoje deixo a referência de uma história fantástica (semelhante ao hamburguer entregue a Alberta Marques Fernandes enquanto apresentava a informação e tweetava que lhe apetecia um). É uma descrição brilhante e animada de Peter Shankman sobre o poder que as empresas têm na criação da sua reputação. Num breve resumo, Shankman, na brincadeira, tweetou para um dos seus reataurantes preferidos se lhe podiam servir um bife especial quando chegasse ao aeroporto de Newark, passadas duas horas… Leiam a história e entenderão, mais uma vez, a vantagem e a necessidade de se estar nas redes sociais e de se interagir com os stakeholders. Os resultados foram inesperados e muito positivos. No final, Shankman conclui:

“As I say in my book over and over again, customer service is no longer about telling people how great you are. It’s about producing amazing moments in time, and letting those moments become the focal point of how amazing you are, told not by you, but by the customer who you thrilled. They tell their friends, and the trust level goes up at a factor of a thousand. Think about it: Who do you trust more? An advertisement, or a friend telling you how awesome something is? (…) Stay on top of what people are saying about you. Respond accordingly. Perhaps most importantly, have a chain of command in place that actually lets you do these things in real time. Had Morton’s had to get permission to make this happen, at 5:10pm on a Wednesday night, there’s no way it ever would have.”

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: