Wikilismos

Assange continua a ser um tema polémico. O Wikileaks continua a publicar comunicados secretos. Os “denunciantes” continuam na penumbra e pouco ou nada deles se fala. Os meios de comunicação social continuam a publicar, sem sequer, a maior parte, ter cuidado em fazer aquilo que é uma das regras de ouro do jornalismo: a confirmação.

Mas afinal, neste cenário, quem é o maior culpado?

1 – Assange por ter criado o Wikileaks?
2 – Aqueles que impunemente “denunciam” os segredos?
3 – Ou aqueles que instantaneamente publicam tudo o que é “denunciado”?

E, alguém me explique, qual a vantagem ou o benefício que o Wikileaks efectivamente trouxe?!

Mas Assange está à altura e soube comunicar quando saiu da prisão (ver aqui a análise da PRWeek).

No fim, continuo sem entender a razão de tanto mediatismo a não ser, claro está, o facto de Assange ser o primeiro preso político global da Internet (apesar de  sob acusação de abuso sexual)…

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: