O medo é o nosso melhor amigo

A última mensagem aqui partilhada foi um pensamento sobre o medo, da autoria do escritor Carlos Ruiz Zafón, sobre de que forma este sentimento nos acorda os sentidos, faz com que passemos a mudar a nossa atitude perante as situações e como nos faz agir. Eis quando dou uma volta por alguns sites de comunicação e descubro não uma, mas duas mensagens em sítios diferentes totalmente dedicados à “potencialidade” do medo. Duas perspectivas interessantes.

O primeiro, que pode ser encontrado aqui, é de Peter Shankman e trata o medo por tu. Determina que o medo pode ser usado para criações verdadeiramente arrebatadoras, menciona este sentimento como o instinto mais prematuro que fez com que a raça humana vingasse neste mundo. Segundo Peter Shankman, usamos o medo para progredir, para sobreviver. “Na essência, o medo eleva-nos”, afirma. Contudo, defende que este conceito primitivo mudou de forma radical e que a maioria das pessoas não encara o medo como algo positivo e sim como uma situação a evitar a todo o custo. E exemplifica: aceitamos empregos “seguros” (existem?!) como garantia de um income necessário para pagar as contas em vez de desbravar caminho para fazer valer a nossa vontade. Considera que abandonamos as grandes ideias que temos com medo de que falhem, com medo do fracasso. Além disso, refere algo com que eu não concordo: “Provavelmente mais do que nunca, não lutamos pelos nossos sonhos com receio daquilo que os outros podem dizer.”

Não me vou alongar sobre o que Shankman refere na sua longa mensagem, mas aconselho que a leiam atentamente, inclusive os conselhos que enuncia sobre como usar o medo em nosso benefício.

segundo, de Todd Defren, é um pouco diferente e  utiliza o conceito de “medo” como um impulso na relação com o cliente e mesmo com o patrão (não gosto desta palavra, mas é a mais adequada). Defren considera que um pouco de “medo” nos mantém alerta. E afirma: “Não se pode ser corajoso se não houver nada a temer. Não há luta, nenhuma honra nisso.”

Dois bons artigos a ler para reflectir sobre o novo ano que está prestes a começar. Que seja um ano cheio de excelentes desafios para todos.

E, já agora, Boas Festas!!!

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: