A-Deus

Este é dedicado ao senhor do Adeus (João Manuel Serra).

As mensagens, ainda são várias… Achamos que somos insignificantes no meio de uma multidão quando, no fundo, somos o que mantém a multidão animada.  E, claro, a sociedade só percebe o significado de alguém quando essa pessoa deixa de estar entre si (mas é senso comum). Em suma, temos de aprender a viver com os nossos defeitos para podermos ser livres.

 

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: