O tango e a política

Tenho um vício. Bem, não será tanto um vício.  Talvez uma paixão inexorável pelo Tango. Numa outra vida desconfio que fui argentina.

Mais do que apenas uma dança, o tango é o ritmo da alma em que os pés dançam a emoção do coração. Uma dança que fascina sem se saber bem por quê. Se pela música, se pelos dançarinos, se pela conjugação dos dois… Mas se olharmos para o tango como um todo, como uma melodia e com dançarinos que contam uma história, talvez percebamos um pouco melhor por que motivo o tango atrai inclusive quem não é aficionado.

O tango, contrariamente àquilo que ainda se pensa, não é difícil de dançar e o segredo está em sentir a melodia e deixar que os corpos exprimam tudo aquilo que o tango é. Paixão, ódio, ciúme, amor, sensualidade, agressividade… o drama. Aqui quem manda é o homem e a mulher é completamente submissa.

A sua origem não é muito consensual, mas tudo indica que o tango (argentino) nasceu nas casas de alterne de Buenos Aires e Montevideu. Inicialmente seria dançado por homens, razão pela qual hoje em dia os rostos dos dançarinos se encontram virados, sem se fitarem. E são vários os estilos de tango: canção, canyengue, milonga, romanzae, tango jazz e, mais actual, o tango rock e o  electrotango.

Não sei então por que razão o tango me faz recordar o clima político que hoje vivemos. Quando vejo Sócrates e Passos Coelho imagino-os a dançar um tango num estilo milonga (habanera de los pobres). O drama está completo: paixão, ódio, ciúme, amor, sensualidade, agressividade. Só não há mulher submissa e ambos são machos latinos. Mas ainda precisam de umas aulinhas já que os respectivos calos devem estar fartinhos de serem pisados…

P.S.. No sábado  fui ver "The Ultimate Tango Show" ao Coliseu dos Recreios.
Um espectáculo que vale a pena ver.
Uma coisa que me surpreendeu foi o facto da baixa lisboeta mais parecer
estar em hora de ponta, tanta era a confusão de carros.
A conclusão, possível, é que os portugueses, fartos dos espectáculos
tristes a que têm assistido, decidiram procurar animação
no meio do clima caótico que presenciamos.
Ganha a cultura🙂

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: